Vereadores de Itapoá enviam requerimento à Prefeitura pedindo informações sobre atendimentos no PA 24h

Os vereadores de Itapoá enviaram nesta segunda-feira (7) um requerimento à Prefeitura do município, pedindo informações sobre os serviços prestados durante os meses de dezembro de 2021 e janeiro de 2022, no Pronto Atendimento PA 24h do município.

No requerimento, há os seguintes questionamentos específicos:

Quantidade de pacientes atendidos em estado de emergência, nos meses de dez/2021 e jan/2022?; Quantidade de consultas em dez/2021 e jan/2022?;

Quantidade de médicos, técnicos e enfermeiros em atendimento? Total por escala;
Quantidade de exames realizados, como ex: Raio X, Exames Laboratoriais e outros tipos?;
Qual a média de tempo que os pacientes ficavam aguardando para serem atendidos?;
Se dentro dos meses citados (dez/2021 e jan/2022) houve algum ocorrido fora da rotina normal
de trabalho? Se sim, quais foram?;

Quais medidas cabíveis foram tomadas pela direção do Pronto Atendimento com relação ao ocorrido?;
A empresa terceirizada responsável pelos médicos foi notificada alguma vez nestes meses de
dez/2021 e jan/2022? Se sim, qual o motivo de notificação?;


Ainda de acordo com o documento, os questionamentos visam o bem-estar dos moradores e dos profissionais de saúde do PA com os esclarecimento dos eventos que ocorreram no início do ano, após o município observar um aumento significativo dos casos ativos de Covid-19, e, decorrente disso, a grande procura por atendimento no PA.

O documento foi assinado pelos vereadores:


Gerson dos Santos Chaves – PL
Ezequiel de Andrade – PL
Fernando dos Santos Silva – MDB
Izabel Correia Marcondes – PL
Luiz Martins Junior – Cidadania
Tiago de Oliveira – PL

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Siga o Folha Norte SC e receba mais notícias de Itapoá e região


1 Comment on "Vereadores de Itapoá enviam requerimento à Prefeitura pedindo informações sobre atendimentos no PA 24h"

  1. Nei Cesar de Souza | 10/02/2022 at 2:06 pm | Responder

    Isso e um vergonha.upa itápoa.cade a verba.senhor Marlon..nen médico tem

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*