Saiba como Araquari irá investir seus recursos após aderir ao Plano 1000 do Governo de SC

Araquari e mais 17 municípios catarineses firmaram compromisso com o Governo do Estado nesta segunda-feira (7), e receberão R$ 717 milhões para obras estruturantes ao longo dos próximos cinco anos. O município receberá R$ 40 milhões que, segundo o prefeito Clenilton Pereira, serão investidos em duas obras. São elas: a revitalização da ligação com Joinville por meio do Itinga, na Rodovia Alberto Natalino Miquelute, e a pavimentação da Rua João Luis Filho, que liga as BRs 280 e 101.

As verbas fazem parte do projeto estadual ‘Plano 1000’ que auxiliará cidades de Santa Catarina em seus desenvolvimentos.

Na noite de ontem, prefeitos foram recebidos pelo governador Carlos Moisés na Casa d’Agronômica, em Florianópolis, para a solenidade de adesão. Segundo o chefe do Executivo estadual, o Plano 1000 representa a maior iniciativa municipalista da história de Santa Catarina, com investimento de R$ 7,3 bilhões até 2026.

“Hoje, nós temos aqui prefeitos das mais diferentes regiões e filiações partidárias. Não existe mais geografia das urnas. Todos receberão os recursos proporcionais à população do seu município. Isso significa tratar de maneira igualitária não apenas a classe política, mas a população de Santa Catarina. Esses valores serão usados em obras que planejem a Santa Catarina do futuro, com mais desenvolvimento e qualidade de vida”, diz Carlos Moisés.

Governador de Santa Catarina Carlos Moisés. Foto: Fotos: Peterson Paul / Secom  


Com o Plano 1000, os municípios catarinenses receberão recursos equivalentes a R$ 1 mil por habitante, conforme a estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) para o ano de 2021. Segundo o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, o Governo do Estado já está atuando para agilizar a avaliação dos projetos apresentados pelas prefeituras. O objetivo é fazer com que as obras e os desembolsos comecem da maneira mais rápida possível. O secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, reafirmou que a intenção do Plano 1000 é realizar obras que busquem o desenvolvimento futuro de Santa Catarina.

Recursos liberados mediante aprovação de projetos

Os recursos serão liberados mediante aprovação dos projetos pelos técnicos do Governo do Estado. Eles devem contemplar obras estruturantes em áreas como infraestrutura, saúde, educação e desenvolvimento social e que impactem no desenvolvimento regional.

Fonte: Governo de Santa Catarina

Edição: Jornalista Herison Schorr

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*