Prefeitura de Araquari finaliza 2021 com R$ 45 milhões de investimentos em obras públicas

A Prefeitura de Araquari manteve seu compromisso com o desenvolvimento social e econômico do município e fechou o ano de 2021 com mais de R$ 45 milhões de investimentos em obras e serviços públicos em várias áreas. De construção de novas praças à instalação de iluminação pública, os bairros beneficiados passaram a contar com melhorias para a qualidade de vida da população, como também nas áreas de educação, saúde e mobilidade.

Na Educação, por exemplo, o montante investido ultrapassa os R$ 7 milhões, sendo o maior valor destinado às obras de infraestrutura nos últimos anos. Dentre as estruturas que mais receberam investimentos financeiros estão a construção de dois novos CEIs nos bairros Itinga e Volta Redonda, em que serão pagos aproximadamente R$ 4,8 milhões. Para projetos de ampliação e reforma foram repassados R$ 2,7 milhões.

Segundo o prefeito Clenilton Carlos Pereira, desde o lançamento do maior pacote de obras da história e ações feitas por uma administração em Araquari, a cidade está não só mais bonita, como mais segura também. Clenilton destaca a importância de se realizar ações planejadas para o desenvolvimento do município. “Isso é fruto do equilíbrio e de uma gestão financeira honesta, capaz de promover e refletir na qualidade de vida dos nossos moradores”, conta.

Os investimentos na área da saúde também têm garantido resultados positivos em relação a qualidade dos serviços prestados à população. Só em 2021, a Prefeitura entregou duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) no bairro Itinga. Juntas, elas somam um investimento público superior a R$ 1,5 milhão. Já as obras de reforma e ampliação ultrapassam R$ 860 mil. Além delas, estão em construção duas novas UBSs: uma no Itapocu, no valor de R$ 526.273,15; e outra no Rainha, no valor de R$ 772.702,80. O valor total das obras é de R$ 3,4 milhões. 

Outra área que recebeu investimentos é a do turismo e esporte. A construção estádio Dijalma José da Conceição vai permitir que Araquari saia na frente para ser o primeiro município no Norte do estado a ter um campo de futebol de grama sintética com tamanho oficial padronizado pela FIFA. Com isso, o estádio terá condições de receber campeonatos profissionais. O valor do investimento chega a R$ 1,3 milhão.

Outra obra que vai estimular o turismo no município é a construção do Centro de Apoio ao Turista (CAT), no valor de R$ 369.130,21. O CAT disponibilizará aos visitantes e à população do município informações sobre hotelaria, gastronomia, parques, eventos e festividades do calendário municipal. No total, contando com outras obras na área de turismo, esporte e lazer, que estão sendo executadas e que já foram concluídas, o investimento é de R$ 3,2 milhões.

Grandes obras de infraestrutura de mobilidade também fazem parte dos investimentos realizados neste ano pelo Executivo. A reconstrução da malha viária de Araquari recebeu, desde 2019, investimentos da ordem de mais R$ 30 milhões. Uma delas é a requalificação viária da região central do município, com a construção de ciclovias, calçadas exclusivamente ao uso de pedestres, paisagismo e pintura e sinalização viária, totalizando 4 km, com investimento de quase R$ 6,7 milhões. “Elas não só geram melhorias em mobilidade, como também são um motor para o desenvolvimento urbano e aumento da qualidade de vida dos moradores”, explica Jaime Gregianin, o secretário de Planejamento.

No total, entre obras concluídas e em andamento, o Governo Executivo já investiu mais de R$ 8,6 milhões para pavimentar 8 km de estradas e ruas, totalizando 70 obras de mobilidade urbana. 

O prefeito estima ainda que, até o final de 2022, Araquari receba mais de R$ 100 milhões em investimentos. Um deles, e que faz parte do pacote de obras, é o término do hospital municipal, estimado em R$ 40 milhões. Segundo o prefeito, essas obras são um importante conjunto de intervenções para melhoria da mobilidade urbana, saúde, educação, esporte, entre outras áreas. “Elas têm um potencial incrível de longo prazo, que vai gerar renda, nutrir a atividade econômica e mostrar o quanto virtuoso é o nosso município”, finaliza.

Outros projetos

Também está em execução Centro de Convivência dos Idosos (CCI), no valor R$ 34.991,96.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*