O que se sabe sobre ciclone que poderá gerar ventos de 100 km/h em SC

Alerta foi divulgado pela Epagri/Ciram e Defesa Civil do Estado

O anúncio da formação de um ciclone extratropical na véspera de completar um ano do desastre do ciclone bomba deixou os moradores de Santa Catarina em alerta. O primeiro anúncio sobre a tempestade e seus efeitos em solo catarinense foram divulgados pela Epagri/Ciram, na tarde desta segunda-feira (21), seguido pela Defesa Civil do Estado.

De acordo com os meteorologistas da entidade de monitoramento, no decorrer da tarde e noite da próxima quinta-feira (24) há indicativo de temporais localizados e vendavais no Estado. O risco de temporais com pancadas de chuva localmente forte, raios, granizo e vendavais, com rajadas de vento que podem superar 100km/h, é maior para as regiões Oeste e Meio-Oeste, onde pode ocorrer tempestade severa. As demais regiões de Santa Catarina devem ser atingidas especialmente por pancadas isoladas de chuva com raios e vento forte (rajadas de 60 a 80km/h).

“Essa condição estará associada ao deslocamento de uma frente fria, ligada à formação de um ciclone extratropical na altura do litoral do Uruguai, e à influência do Jato de Baixos Níveis, responsável pelo transporte de ar úmido e quente da região Amazônica”, informou a assessoria da Epagri/Ciram em nota.

Os meteorologistas da Epagri/Ciram estão monitorando essa condição atmosférica e, se confirmada a previsão, será enviado o Aviso Meteorológico nos próximos dias.

Siga o Folha Norte SC no Facebook e receba mais notícias da região!

Edição de texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

1 Comment on "O que se sabe sobre ciclone que poderá gerar ventos de 100 km/h em SC"

  1. Jesussss,denovo???

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*