Itapoá permanece com dois pontos impróprios para banho

Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) divulgou, nesta sexta-feira (4), o nono relatório de balneabilidade da temporada de verão. Dos 237 pontos analisados pela pesquisa, 155 estão próprios para banho em Santa Catarina, o que representa 65,4%. Em Itapoá, dos cinco pontos analisados, dois continuam impróprios para banho, segundo a entidade de monitoramento das praias.

Os pontos impróprios são:

Ponto 5: Avenida Dom Henrique II, em frente ao Miradouro na Barra do Saí

Ponto 1: Balneário Brasília, final da Avenida 650 em Itapema do Norte

Os pontos próprios são

Ponto 4: Rua 20 na Barra do Saí

Ponto 2: Em frente a Rua 1020 e 1030 no Balneário Paese

Ponto 3: Rua 1970 no Balneário Palmeiras

O monitoramento da qualidade da água do mar e a divulgação dos resultados das pesquisas são realizados pelo IMA para orientar os banhistas sobre quais locais estão próprios ou não para mergulho na costa de Santa Catarina. Os pontos são identificados com placas de sinalização. Desta forma, vale lembrar que, a retirada, adulteração e/ou qualquer ato de vandalismo das placas que indicam se o ponto está próprio ou impróprio para banho é crime ambiental previsto na Lei nº 9.605/98.

“Os atos de vandalismo e a subtração da sinalização é crime ambiental, pois omite uma informação de utilidade pública que tem o objetivo zelar pela saúde de todos os usuários, no que diz respeito à balneabilidade”, explica o diretor de Engenharia e Qualidade Ambiental do IMA, Fábio Castagna da Silva.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*