Garuva reduz para 5 meses intervalo entre segunda dose contra Covid e dose de reforço

A Secretaria da Saúde de Garuva informou que autorizou a diminuição do intervalo entre a segunda dose e dose de reforço contra a Covid-19 em idosos. Esse período passou de seis para cinco meses. O objetivo é evitar o desperdício de doses e casos graves da doença na população de 60 anos ou mais.

A dose de reforço na imunização de idosos é uma forma de potencializar e reativar a capacidade de resposta imune do organismo. Neste grupo, a resposta vacinal pode ser reduzida por causa do progressivo declínio da função imunológica, provocado pelo envelhecimento natural das células. A dose suplementar fará com que haja uma maior e mais prolongada proteção, servindo para que os casos e mortes nessa população não voltem a subir.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*