Garuva e Itapoá voltam a registrar mortes por Covid-19

Cidades estavam há semanas sem contabilizar vítimas do vírus

Duas mortes por Covid-19, sendo de um homem de 48 anos em Garuva e um morador sem identificação de Itapoá, acenderam, nesta semana, um novo alerta nos municípios para o perigo da doença.

As cidades estavam há semanas sem registrar vítimas do vírus, como em Garuva, onde a última morte foi registrada em 14 de junho, e em Itapoá no dia 28 do mesmo mês. Juntos, os municípios contabilizam 99 moradores vitimados pela doença, com 32 em Garuva e 67 em Itapoá.

As Secretarias de Saúde dos municípios destacam que a vacinação tende a erradicar a morte pela doença, já que ela inibe a evolução dos casos para sintomas mais graves, mas alertam que, para a neutralização da pandemia, ainda é necessário os cuidados básicos de distanciamento, higienização das mãos e o uso de máscaras.

Vacinação

Em Itapoá, a primeira dose da vacina já é aplicada na população entre 40 e 44 anos. Para se vacinar, é necessário estar com o cadastro atualizado na Unidade Básica de Saúde do município onde uma um agente de saúde consiga realizar o agendamento da vacina. Para a vacinação de gestantes, puérperas e lactantes, também contempladas na fase de imunização, é necessário a apresentação de uma prescrição médica. Para os trabalhadores industriais é necessário o preenchimento deste formulário do cadastro de vacinação.

Garuva iniciou a vacinação da população em geral com 35 anos e de trabalhadores de indústria com 30, além dos demais grupos já contemplados, como gestantes, puérperas e lactantes. Para se vacinar, é necessário documento original com foto, para moradores em geral, e documento original com foto e carteira de trabalho ou declaração da empresa com indicação de CNAE para trabalhadores da indústria.

Para gestantes, puérperas e lactantes é necessário uma declaração médica com autorização para realização da vacina, além de atestado médico que comprove a gravidez, carteira pré-natal ou certidão de nascimento da criança;

Para caminhoneiros e motoristas de ônibus: carteira de habilitação ou holerite que comprove vínculo na função;

Para trabalhadores de limpeza urbana: documento ou holerite que comprove vínculo na função;
Para profissionais da educação: declaração assinada pelo chefe imediato;

Para moradores com comorbidades: atestado médico que indique a comorbidade ou receita médica com data de emissão inferior a um ano.

Onde se vacinar em Garuva

A vacinação contra a Covid-19 ocorre na Unidade de Saúde Giorgia Paula, na rua Deodoro de Carvalho, em frente a Creche Maria Corrêa Saad. O atendimento para vacinação é de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30.

Casos de Covid-19 e curados

Garuva e Itapoá registraram contabilizaram nesta sexta, apenas um caso confirmado de Covid-19 em cada cidade. No município garuvense, que registra queda de contaminação nas últimas semanas, há 1.998 casos confirmados, 17 em tratamento e 1.949 moradores recuperados. Em Itapoá, são 3.183 casos confirmados, 31 moradores em tratamento e 3.085 curados.

Siga o Folha Norte SC no Facebook e receba mais notícias de Garuva, Itapoá e região!

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*