Foco de dengue é encontrado em Campo Alegre

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde identificou em Campo Alegre um foco com quatro larvas do mosquito Aedes aegypti, responsável por transmitir a dengue, zika vírus e febre chikungunya.

As larvas foram localizadas pelo agente de combate a endemias, durante visitas de rotina. Este é primeiro foco registrado este ano no município.

A Secretaria de Saúde reforça que é fundamental que a população também faça a sua parte, eliminando os criadouros do mosquito.

Para a Secretária de Saúde de Campo Alegre Rosana Emília Greipel, é muito importante os cuidados da população para evitar a proliferação do mosquito, pois já foram encontrados em Campo Alegre focos do Aedes Aegypti. “A dengue é uma doença cíclica. É preciso que a população fique mais atenta aos locais que podem ficar com água parada”, disse.

Campo Alegre dispõe hoje de 53 armadilhas distribuídas pela cidade que são vistoriadas semanalmente, e 21 pontos estratégicos que são vistoriados quinzenalmente.

Como podemos nos prevenir: 

  • Evite usar pratos nos vasos de plantas – se usá-los, coloque areia até a borda;
  • Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
  • Mantenha lixeiras tampadas;
  • Deixe os depósitos d’água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
  • Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
  • Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;
  • Mantenha ralos fechados e desentupidos;
  • Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
  • Retire a água acumulada em lajes;
  • Dê descarga no mínimo uma vez por semana em banheiros pouco usados;
  • Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
  • Evite acumular entulho, pois ele pode se tornar local de foco do mosquito da dengue.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*