‘Estava embaixo de uma samambaia’, diz equipe de resgate que encontrou menino desaparecido em Campo Alegre

Kelvin Camargo, de 2 anos e 5 meses, passou a madrugada desaparecido na mata; temperatura era de apenas 6 °C no município

A equipe do Corpo de Bombeiros Militar encontrou na manhã desta quarta-feira (2), Kelvin Camargo, de 2 anos e 5 meses, que estava desaparecido na localidade de Ribeirão do Meio, em Campo Alegre. Segundo informações do resgate, ele estava de bruços embaixo de uma samambaia, e não respondia o chamado da equipe de buscas, o que dificultou sua procura. Ele estava assustando, com frio, mas bem. Segundo dados da Epagri/Ciram, fazia apenas 6 °C na madrugada do desaparecimento.

Momento que menino foi encontrado pela equipe de resgate. Gravação: Redes sociais

Em pronunciamento sobre o caso, o tenente João Ricardo Prochmann afirmou que uma grande equipe, com bombeiros e policias civis e militares de Campo Alegre e São Bento do Sul, puderam realizar uma área de busca com maior abrangência na mata do município serrano, com a ajuda de cães farejadores.

Segundo João Ricardo, devido a falta de resposta do menino pelos chamados, a procura minuciosa da equipe foi fundamental para encontrá-lo, além do chamado rápido pelos bombeiros. “O acionamento do Corpo de Bombeiros Militar, de uma forma rápida, contribuiu para o desfecho positivo dessa ocorrência, era uma criança com poucos anos de vida perdida em um local onde a temperatura cai muito durante a noite, o que poderia ocasionar uma hipotermia. É com muita satisfação que entregamos esta criança bem ao colo de sua mãe”, completou.

Entenda o caso

Kelvin Camargo desapareceu na tarde desta terça-feira (1), enquanto estava com a avó no bairro Ribeirão do Meio, em Campo Alegre. Segundo a mãe, Edilaine Camargo, ele estava na sala assistindo quando a avó o deixou para preparar o banho do menino, “e nisso que a mãe entrou no quarto para pegar roupa e dar banho nele, no que voltou, ele já não estava mais”, afirmou.

Siga o Folha Norte SC no Facebook e receba mais notícias de Campo Alegre e região!

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*