“Estamos recebendo menos vacinas”, afirma secretária de Saúde de Araquari sobre imunização contra a Covid-19

Araquari ocupa a última colocação no ranking da vacinação contra a Covid-19 entre os oito municípios que compõem a regional de Joinville

Segundo dados da Secretaria de Saúde de Santa Catarina, Araquari imunizou 18,6% da população com a primeira vacina contra a Covid-19 e, apenas, 4,8% com a dose de reforço. Devido a estes dados, o município, que tem uma população de 39.524 habitantes, vem ocupando a última colocação no ranking da vacinação contra a Covid-19 entre os oito municípios que compõem a regional de Joinville.

Em entrevista ao Folha Norte SC, Tânia Eberhardt, secretária de Saúde do município, destacou um problema que está prejudicando o avanço da imunização da população de Araquari.

“Estamos cientes do fato de que, em comparação com outros municípios da região, estamos vacinando menos e isso tem um motivo, também estamos recebendo menos vacinas. E o que temos feito para mudar esse cenário é cobrar dos órgãos competentes (Gerência Regional de Saúde) o envio de mais imunizantes para que possamos avançar”, afirmou.

Tânia Eberhardt, secretária de Saúde de Araquari
Tânia Eberhardt, secretária de Saúde de Araquari. Foto: Divulgação

Ela também reforça que até, esta quinta-feira, 10 de junho, Araquari recebeu 9.996 doses de imunizantes contra a Covid-19, sendo que 7.781 doses para a 1ª e 2.215 para a 2ª dose. Desse total, já foram aplicadas 88,2% referentes a 1ª dose (6.865) e 84,1% referentes a 2ª dose (1. 863).

“Apesar do número de aplicação de vacinas (considerando a 1ª dose) corresponder a 17,36% da população de Araquari, – dado atualizado nesta segunda-feira (14) – devemos considerar que não é essa totalidade que faz parte dos grupos prioritários, neste momento da campanha. Devemos lembrar também que seguimos determinações do Governo Federal e Estadual e que as doses que o município recebe são desses governos que nos enviam conforme a demanda dos grupos prioritários”, destacou a secretária que vê como positiva a receptividade da população araquariense com a aceitação das vacinas.

Sobre a divulgação da campanha de vacinação contra o novo Coronavírus, Eberhardt enfatiza que é feita de duas formas: A primeira é por meio dos canais oficiais da Prefeitura de Araquari, site e redes sociais; a segunda é por meio da comunicação direta com os grupos prioritários. Tânia complementa que a Secretaria têm cadastros no sistema utilizado pela Saúde dos idosos e pessoas com comorbidades, por exemplo, e cada unidade ficou responsável por entrar em contato com essas pessoas. “Além disso, a campanha de vacinação é nacional e as informações estão disponíveis em muitos meios e plataformas”, diz.

Para Tânia, a Secretaria Municipal de Saúde tem como prioridade trabalhar para amenizar os efeitos da pandemia, oferecer atendimento qualificado e intensificar a vacinação de acordo com a chegada de mais doses. “Estamos investindo na capacitação de mais profissionais para aplicação de vacinas, para fazer com que o processo se torne mais ágil. Além disso, ampliamos o horário de vacinação para Covid-19 em cinco postos de saúde (até às 19h) e um sexto posto estará aberto aos finais de semana”, finaliza.

Siga o Folha Norte SC no Facebook e receba mais notícias de Araquari e região!

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*