Epagri capacita apicultores de Porto União sobre produção de mel de melato da bracatinga

A equipe de Epagri de Porto União, no Planalto Norte Catarinense, reuniu 20 apicultores do município para capacitação em manejo de produção de mel de melato da bracatinga, no dia 19 de outubro, na comunidade de Nova Galícia. Esse mel é resultado do aproveitamento pela abelha do melato, que é produzido pelo inseto cochonilha. O mel de melato da bracatinga é único, produzido apenas em altitudes superiores a 700 metros onde a bracatinga cresce junto à floresta da araucária.

A parte prática foi realizada no apiário do produtor Laercio Staciaki. Foto: Epagri

Na reunião técnica, o engenheiro-agrônomo da Epagri de Porto União, Guilherme Gonçalves, discutiu com os presentes os melhores manejos para a produção desse mel, que ocorre a cada dois anos, nos períodos de dezembro a junho. “Enfatizamos a importância do manejo de espaço nas colmeias, reservas de pólen, produção de favos antes da safra de mel, bem como a importância de um cronograma de colheitas mais constantes”, ressalta o extensionista.

A parte prática foi realizada no apiário de Laercio Staciaki, onde Danilo Sagaz, responsável pela área de apicultura na Epagri do Planalto Norte, conduziu práticas visando ao preparo das colmeias para a produção de mel de melato. Foi feita avaliação das colmeias, colocação de melgueiras e troca de cera. “Essas práticas são fundamentais para que possa fazer manejos produtivos para maior rendimento econômico por colmeia e apiário”, diz Guilherme.

O mel de melato da bracatinga é único, produzido apenas em altitudes superiores a 900 metros onde a bracatinga cresce junto à floresta da araucária, Foto: Epagri

A reunião técnica foi realizada por meio de uma parceria da Epagri com a Associação de Apicultores do Vale do Iguaçu e da Molimel,  respeitando todas as normas sanitárias.

Santa Catarina conquistou a Indicação Geográfica para o mel de melato da bracatinga. Esse mel é fabricado pelas abelhas a partir do líquido açucarado que um inseto chamado cochonilha produz ao se alimentar da seiva da bracatinga, uma espécie arbórea nativa do Brasil, com distribuição predominante na região Sul. Esse fenômeno ocorre apenas em áreas com altitudes acima de 700 metros no Planalto Sul Brasileiro. Saiba mais no vídeo a seguir.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*