Em live, secretária de Saúde de Itapoá explica situação da pandemia no município

A secretária de Saúde de Itapoá Janayna Gomes realizou na tarde desta sexta-feira (21), uma live em suas redes sociais para apresentar aos moradores esclarecimentos sobre a situação da pandemia da Covid-19 no município.

A secretária iniciou suas falas afirmando que desde o final de dezembro até janeiro foram realizados mais de 11 mil atendimentos do PA 24h do município, em sua maioria são moradores e veranistas com sintomas gripais. Janayna afirmou que vem acompanhando diariamente as ações dos funcionários da entidade, com visitas ao PA no período da tarde. Nesta quinta-feira (20), a secretária enfatizou que presenciou um dia caótico, onde até uma médica que estava de plantão teve que ser atendida após passar mal. Durante a live, foram pontuados temas importantes; confira:

Atendimentos no PA 24H por critério

Devido ao grande número de moradores que buscam nas últimas semanas o PA para atendimento, a secretária destaca que a Unidade está trabalhando com o método de classificação de risco para dar prioridade aos pacientes mais graves que chegam ao local. Desta forma, as pessoas com sintomas mais leves acabam tendo que aguardar o atendimento de todos os pacientes mais graves, o que acarreta em demora e transtornos.

Falta de profissionais de saúde

Para suprir a demanda de pacientes, a Secretaria de Saúde contratou mais médico para atuar no PA, porém, neste mesmo período houve o desligamento da médica que atendia no Centro de Covid. Um edital para a contratação de um novo médico foi aberto pela Prefeitura do município, mas ainda não houve candidatos para ocupar a vaga. Outra questão que agrava a falta de profissionais de saúde são os enfermeiros que foram afastados devido a contaminação pela Covid-19 e outros que estão de férias.

Testes para Covid-19 em baixa

São cerca de 180 testes de Covid-19 realizados todos os dias no Centro de Covid do município. Com a alta demanda a secretária afirma que já observa os estoques de testes acabarem no parâmetro estadual e também nos laboratórios particulares de Itapoá. Com a previsão de falta de testes, Janayna orienta que apenas os moradores sintomáticos serão testados, seguindo orientações da Secretaria de Saúde do Estado. Caso o resultado seja positivo, o paciente deverá permanecer em isolamento com sua família, mesmo que os demais estejam assintomáticos.

Impacto da vacinação nos casos ativos

São, no momento, 423 casos ativos em Itapoá, de acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado na tarde de hoje. Mesmo com o número considerável de contaminados, a secretária afirmou que a vacinação do município está gerando resultados, pois os moradores que estão em tratamento contra a doença apresentam sintomas leves em sua maioria. Com isso, Janayna faz uma relação com o pico da pandemia no ano passado onde pessoas que ainda não estavam imunizadas acabaram morrendo devido a falta de respiradores do PA do município.

Com o impacto positivo da vacinação, a secretária reforçou a importância de manter a imunização em dia, agora, com a vacinação de crianças entre 5 e 11 anos, com necessidade de agendamento nas Unidades de Saúde. Para os moradores que ainda não receberam as doses de reforço, não há a necessidade de agendamento, podendo receber a vacina direto nas Unidades.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Siga o Folha Norte SC e receba mais notícias de Itapoá e região

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*