Corpo de Bombeiros de Garuva forma 50 crianças do Projeto Golfinho

O Corpo de Bombeiros Militar de Garuva formou nesta quinta-feira (6), 50 crianças da primeira turma do Projeto Golfinho. Segundo a corporação, o Projeto serviu para estimular uma consciência de cuidados com os rios, mares e piscinas, devido aos números de acidentes ligados neste locais que crescem significativamente nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro.

Foto: Divulgação

Segundo dados de 2019 da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa) o afogamento é a 2ª causa de morte de 1 a 4 anos e 3ª causa de 5 a 14 anos. “Para minimizar esses números, realizamos o Projeto Golfinho, um programa de conscientização e prevenção sobre os perigos dos ambientes aquáticos, cidadania e meio ambiente”, informou a corporação.

Foto: Divulgação

O projeto possui a finalidade de educar o público infanto-juvenil, orientando de maneira lúdica os participantes sobre a utilização segura das praias, rios, lagoas e piscinas. Além de educar e conscientizar, o projeto possui caráter social e integrador, incentivando o convívio harmônico entre as pessoas e o meio ambiente.

Foto: Divulgação

No município de Garuva é o primeiro ano que se realiza o Projeto Golfinho. Os instrutores Cabo BM Ceschini e Bombeiros Comunitários Aline e Nascimento, trabalharam com duas turmas de 25 crianças durante 4 dias consecutivos (2 horas por dia) nos períodos manhã e tarde. Em nota, a corporação agradeceu aos coloradores que fizeram parte do Porjeto.

Foto: Divulgação

“O Corpo de Bombeiros Militar de Garuva agradeceu a André Gustavo Lourenço Schelela, proprietário da Pousada Camury, que disponibilizou a piscina de seu estabelecimento para realização de um dos dias do projeto, agradecer a Câmara Municipal de Garuva , especialmente o Vereador Jarbas Budal um dos grandes apoiadores do projeto e que através da Indicação 70/2021 solicitou ao poder executivo a análise de viabilidade em celebrar convênio como CBMSC, a fim de implantar o Projeto Golfinho no município. Agradecemos a senhora Lucileide de Fátima Bueno Feldhaus Secretária Municipal de Educação e Cultura que através da Prefeitura de Garuva patrocinou a impressão do material didático e certificados para o projeto, prestou apoio também com o transporte para o deslocamento das crianças e instrutores para os rios e piscinas da região.”

Edição: Jornalista Herison Schorr

Formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*