Conheça o morador de Itapoá que cria esculturas icônicas na região

Em entrevista ao Folha Norte SC, Índio conta que a paixão por esculpir vem desde sua infância. “Quando criança, eu fazia em argila e na areia da praia”, lembra o escultor que nasceu e cresceu no município de Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte.

Os municípios da região Norte de Santa Catarina, como Garuva, Itapoá e Barra Velha ganharam nos últimos anos esculturas icônicas. Trabalhadas pelas mãos do escultor Guilherme da Silva Ferreira, de 42 anos, mais conhecido como Índio Artesão, as obras geralmente remetem a animais típicos dos municípios e caem nas graças de moradores e turistas.

Em entrevista ao Folha Norte SC, Índio conta que a paixão por esculpir vem desde sua infância. “Quando criança, eu fazia em argila e na areia da praia”, lembra o escultor que nasceu e cresceu no município de Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte. 

Índio complementa que o trabalho com esculturas o seguiu por toda sua juventude, onde fez um curso de especialização para trabalhar no segmento. Foi neste período que trocou os frágeis trabalhos com argila pelo cimento e ferro.

Geralmente, as esculturas têm cerca de três metros de altura e levam aproximadamente 10 dias para ficarem prontas. Orgulhoso, o escultor destaca que são mais de 3 mil obras espalhadas por todo o país, por onde viajou a trabalho. Mas foi Itapoá o município escolhido para morar. “A vontade de expandir me trouxe até aqui”, enfatizou.

Para os leitores que quiserem contratar os serviços do escultor, entrem em contato pelo WhatsApp: 47 991768199.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Siga o Folha Norte SC e receba mais notícias de Itapoá e região

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*