Ceasa busca apoio da Amunesc para difundir estrutura de atendimento aos agricultores da região

Depois de aproximadamente três décadas vinculada à Prefeitura de Joinville, a unidade das Centrais de Abastecimento do Estado de Santa Catarina (Cesasa) do município estará sob a administração do governo do Estado

Com o propósito de ampliar o uso regional desta estrutura, que é voltada para atuar como elo entre o produtor e o consumidor, o presidente da Ceasa/SC, Gilmar Germano Jacobowski, se reuniu com a secretária executiva da Associação de Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc), Simone Schramm, para solicitar o apoio da entidade na difusão da nova proposta de administração deste centro de distribuição de alimentos.

“A Amunesc tem um papel importante para que os agricultores dos municípios sejam usuários da unidade da Ceasa de Joinville, que vai atender a todos produtores que tenham interesse de usar essa estrutura que terá atuação regional”, ressaltou Jacobowski.

Os prefeitos e os integrantes do Colegiado de Agricultura da Amunesc serão informados sobre a nova proposta de ação da Ceasa.

A decisão de entregar a Ceasa de Joinville para o Estado foi oficializada na metade desse ano pelo prefeito de Joinville e vice-presidente da Amunesc, Adriano Silva, e a diretoria da entidade.

A unidade de Joinville foi fundada em dezembro de 1992. Atualmente, a estrutura, localizada na região do Distrito Industrial, está com apenas 50% de ocupação de boxes e o Pavilhão dos Produtores está desativado.  O imóvel precisa de revitalização

o. A proposta do Estado é fazer as obras de melhorias e ampliar a operacionalidade, aumentando o número de produtores e boxistas.

O Estado pretende lançar ainda este ano um credenciamento para que os agricultores da região da Amunesc utilizarem a unidade a partir de 2022.

A Cidasc/SC montou uma comissão técnica que está organizando todo o processo administrativo da unidade de Joinville. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*