Bebê Lhama nasce em Campo Alegre

Domesticados pelos o Incas no período pré-colombiano, estes animais originários da Cordilheira dos Andes se adaptaram perfeitamente ao clima fresco e montanhoso do município

A pequena família de Lhamas de Campo Alegre ganhou no dia 23 de agosto um novo membro.
Após 11 meses de gestação, o bebê, um macho de pelagem escura, foi acolhido pelos pais e demais membros do grupo.

Bebê Lhama nasceu no dia 23 de agosto. Foto: Divulgação


Domesticados pelos o Incas no período pré-colombiano, estes animais originários da Cordilheira dos Andes se adaptaram perfeitamente ao clima fresco e montanhoso do município, como contam os proprietários dos animais Denise Lorenzett e Gilberto lorenzett. Além deles, no sítio onde vivem, também moram avestruzes, pavões, emus e emas, estas com necessidade de documentação para a crianção.

Denise lembra que sua criação de Lhamas começou pequena. “Com dois machos, há mas ou menos uns três anos atrás. Depois, conseguimos a fêmea com um filhote”, comentou. Sobre a alimentação dos animais exóticos, a proprietária foi enfática: “Comem silagem , ração de cavalo e todas as árvores’ disse humorada.

Família de Lhamas reunida. Foto: Acervo

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Siga o Folha Norte SC e receba mais notícias de Campo Alegre e região

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*