Começa a colheita do pinhão em Santa Catarina

A data de 1 de abril como início de colheita do pinhão no Estado foi definida por uma lei, estabelecida em 2011 com o intuito de preservar a espécie, evitando sua colheita ainda verde

A Epagri estima que em 2021 Santa Catarina colha entre 40% e 60% a mais de pinhão do que no ano passado, após a abertura da época da colheita, nesta quinta-feira (1).  “Apesar da elevação, a safra ainda será menor do que em um ano normal, já que ano passado ela foi praticamente insignificante”, relata Jose Marcio Lehmann, gerente regional da Epagri em Lages.

Safra 2021 deve ser entre 40% e 60% maior que no ano passado. Foto: Epagri

Segundo José Marcio, em 2020 a safra de pinhão em Santa Catarina ficou muito abaixo de uma colheita normal. Naquele ano, se colheu em média 10% do que seria uma safra catarinense usual de pinhão. Alguns municípios chegaram a colher 30% do normal, mas o volume ficou muito abaixo do esperado.

Apesar de a previsão para 2021 ser de uma safra ainda abaixo do normal, a melhora deixa os agricultores da serra catarinense otimistas. “O pinhão faz parte da renda de várias famílias agricultoras da região, que aguardam a abertura para iniciar a colheita e comercialização de várias maneiras, principalmente com barracas montadas à beira das rodovias locais”, relata José Marcio. Ele lembra ainda que algumas agroindústrias também processam o pinhão, para vendê-lo de diversas formas que permitam ser aproveitado em pratos típicos da culinária serrana.

Araucárias, árvore produtora do pinhão, em Campo Alegre. Foto: Andréa Maria Eberhardt 

A data de 1 de abril como início de colheita do pinhão em Santa Catarina foi definida por uma lei, estabelecida em 2011 com o intuito de preservar a espécie, evitando sua colheita ainda verde. José Marcio lembra que a região produtora vem sendo monitorada pela Polícia Ambiental, que pode multar quem for flagrado colhendo ou transportando a semente antes desse dia.

A estimativa de safra de pinhão em Santa Catarina é feita a partir de levantamentos que os extensionistas da Epagri fazem com os agricultores locais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*