Três moradores de Itapoá aguardam vagas para enfermaria em hospitais da região

Pacientes estão internados no PA do município e respiram com a ajuda de máscaras de alto fluxo de oxigênio

Três moradores de Itapoá com Covid-19 aguardam internados no PA do município a liberação de vagas de leitos de enfermaria nos hospitais da região. No momento, eles respiram com a ajuda de máscaras de alto fluxo de oxigênio. A fila de espera é reflexo da grande demanda por leitos de tratamento da Covid-19 em Santa Catarina.

Segundo a Prefeitura de Itapoá, o município conta com três leitos de estabilização para os casos mais graves de Covid-19 e nove leitos de enfermaria que são usados nos casos moderados, que tem indicação de permanência dentro do âmbito hospitalar em leito de isolamento.


“Os leitos de estabilização são os que possuem os respiradores e são destinados ao atendimento dos casos mais graves da Covid-19, para pacientes que têm chances de desestabilizarem e serem intubados, e, que, posteriormente, deverão ser encaminhados para os hospitais, pois estes centros têm melhores estruturas e suporte para estes pacientes”, explicou a Prefeitura.


Sobre a necessidade da transferência para hospitais da região, a Prefeitura explica que o Pronto Atendimento, mesmo com leitos exclusivos e disponíveis para pacientes com Covid-19, também continua atendendo outras queixas clínicas emergenciais, como por exemplo infarto, trabalho de parto, entre outros e, quando necessário, encaminha os casos mais graves, ou que necessitam de um atendimento especializado, para os hospitais de referência da região.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*