Mãe garuvense busca apoio para reformar carrinho de lanche destruído por ciclone

“Quero continuar com o lanche, que é meu sonho, poder ajudar na renda da casa, assim como já foi um dia”, afirmou Silvana Gonçalves

Ao participar da Semana das Delícias de Páscoa do Folha Norte SC, a garuvense Silvana Gonçalves, de 38 anos, revelou uma história que tornou-se semelhando a de muitos garuvenses após o último dia de junho, de 2020.

Seu sonho sempre foi ter um carrinho de lanche, para ter um ponto onde vender seus salgados. Uma grana bem vinda na casa com duas crianças, sustentada pelo trabalho dela como doceira, e pelo marido que é servente de pedreiro. Apertando as despesas da casa, conseguiu investir num carrinho pela bagatela de 4 mil reais.

Silvana viu seu negócio prosperar após a compra do carrinho. Foto: Acervo

Com o investimento, Silvana conta que deu um up na renda da casa, conquistando clientes com seus deliciosos lanches. Porém, a prosperidade teve uma interrupção sem aviso prévio, quando ela viu sua ferramenta de trabalho ser destruída pelo ciclone bomba. “O teto dele, nem sei aonde foi parar”, lamentou.

Após ser destruído, a moradora do bairro Giorgia Paula ainda não conseguiu juntar dinheiro para reformá-lo. Foto: Herison Schorr

Hoje, o que era seu orgulho e auxílio no sustento dos dois filhos, tornou-se uma carcaça sucateada encostada na calçada da casa, sem previsão e dinheiro suficiente para mandar consertá-lo. “Quero continuar com o lanche, que é meu sonho, poder ajudar na renda da casa, assim como já foi um dia”, afirmou.

Mãe busca apoio para reformar carrinho de lanche e reaquecer a renda da casa.
Foto: Herison Schorr

Para os leitores que quiserem colaborar com Silvana, entre em contato pelo WhatsApp: 47 98820-5779.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*