Governo do Estado vai conceder 680 bolsas de pós-graduação em 2021

Investimento é de R$ 14,6 milhões

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (SED), publicou o edital de chamada pública para conceder novas bolsas a estudantes de pós-graduação de Santa Catarina, em nível de mestrado e doutorado, pelo Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu). Está prevista a concessão de até 399 bolsas de mestrado e 281 de doutorado, com um investimento total de R$ 14,6 milhões.

“Pelo terceiro ano consecutivo estamos aumentando os repasses ao Uniedu. É um investimento para melhorar a vida das pessoas, para dar acesso a uma educação de qualidade, que é uma de nossas prioridades. Isso qualifica nossos profissionais e proporciona mais desenvolvimento e inovação em todas as regiões catarinenses”, ressalta o governador Carlos Moisés.

O valor da parcela paga mensalmente ao bolsista consiste em R$ 1,5 mil por até 24 meses (mestrado) e R$ 2,2 mil por até 48 meses (doutorado). Os recursos para o pagamento das bolsas de estudo são provenientes do Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (Fumdes).

“O Governo do Estado está ampliando o Uniedu a cada ano para beneficiar ainda mais estudantes. Esse investimento em bolsas de pós-graduação, contemplando centenas de estudantes, é importante porque as pesquisas revertem em benefícios para o desenvolvimento de Santa Catarina. É mais um passo desse programa inovador que tem como objetivo a melhoria da qualidade do ensino superior no estado”, destaca o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro.

Inscrição abre dia 6 de abril

O sistema para inscrição dos candidatos estará aberto de 6 de abril a 5 de maio. Os interessados devem preparar a documentação exigida no edital, e, em caso de dúvidas, podem acessar a página de perguntas frequentes neste link ou enviar e-mail para: bolsafumdes@sed.sc.gov.br. O cadastramento na chamada pública ocorre de forma on-line pelo site do Uniedu.

Podem participar estudantes que tenham cursado todo o Ensino Médio em uma unidade escolar da rede pública ou em instituição privada com bolsa integral ou parcial. Além disso, o candidato deve estar residindo há, no mínimo, dois anos em Santa Catarina. Outros critérios estão detalhados no edital. O resultado final deve ser divulgado no mês de agosto. O cronograma com os prazos detalhados para as três etapas de classificação está disponível no Anexo I do edital.

O início do pagamento da primeira bolsa aos estudantes contemplados ocorrerá no mês de setembro, retroativo ao mês de abril.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*