Epagri, Porto Itapoá e INMET garantem funcionamento da coleta de dados climáticos da estação meteorológica de Itapoá

Em ação compartilhada entre as três Instituições, os técnicos da Epagri Roberto Carlos da Silveira e Rafael Censi Borges fizeram a reforma da estação meteorológica de Itapoá e recolocaram as baterias doadas pelo Porto de Itapoá, coordenado por Christano Anhaia, para possibilitar a continuidade da coleta de dados ambientais para estudos científicos, projetos de engenharia, laudos para eventos extremos e apoio à tomada de decisão

O Porto Itapoá iniciou suas operações em junho de 2011, sendo considerado um dos terminais mais ágeis e eficientes da América Latina e um dos maiores e mais importantes do País na movimentação de cargas conteinerizadas, está entre os maiores terminais portuários de contêineres do Brasil. Terminal investe em programas de educação ambiental, recuperação da fauna e flora ocupada, além do monitoramento constante da vida marinha nas proximidades de suas instalações.

A Epagri com uma rede de aproximadamente 200 estações meteorológicas concorre para promover a preservação, recuperação, conservação e utilização sustentável dos recursos naturais. Os dados com atualização horária são disponibilizados aos usuários de forma gratuita na plataforma Agroconnect da Epagri/Ciram. Os dados também são utilizados para auxiliar na elaboração, da previsão do tempo, avisos e boletins meteorológicos especiais; promover a execução de estudos e levantamentos meteorológicos e climatológicos aplicados à agricultura
.
O INMET disponibiliza os dados da rede de 24 estações meteorológicas em Santa Catarina para a Epagri conforme Termo de Cooperação técnica entre as duas instituições. Elabora diariamente, em nível nacional, a previsão do tempo, avisos e boletins meteorológicos especiais.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*