Epagri classifica como ‘anomalia’ excesso de chuva em Garuva e Joinville no mês de janeiro

Municípios registraram quase o dobro do volume de chuva esperado para o mês de janeiro

O mês de janeiro terminou com grandes volumes de chuva em todas as regiões de Santa Catarina, com recordes em alguns locais. O balanço foi divulgado nesta terça-feira (2), pelo setor de Meteorologia da Epagri/Ciram, que classificou como ‘anomalias positivas de chuva’ o excesso de precipitações em municípios como Garuva e Joinville.

Centro de Garuva alagado após forte temporal. Foto: Herison Schorr

“Anomalia é a diferença do que choveu em relação à média climatológica do mês”, esclarece a meteorologista Laura Rodrigues, da Epagri/Ciram.

Em Garuva e Joinville, os totais do mês ficaram acima de 500 mm, quase o dobro da média de janeiro que é de 300 mm. Na primeira quinzena do mês, foi registrada pouca chuva em Santa Catarina, com totais inferiores a 75mm em grande parte do interior. Entre Joinville e Garuva, no entanto, os totais já superavam os 200mm nesse período.

Precipitação mensal em SC em janeiro de 2021. Arte: Epagri/Ciram

Leia também: Por que chove tanto em Garuva?

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*