Colapso na saúde do Oeste faz Governo transferir pacientes para outras regiões de SC

Região apresentou taxa de ocupação de leitos de UTI em 95%

O Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Saúde e do Batalhão de Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar e o Grupo de Resposta Aérea de Urgência (GRAU) do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), deu início nesse domingo (07), a uma operação especial para trabalhar na transferência de pacientes da região Oeste, que apresentou taxa de ocupação de leitos de UTI em 95%, para unidades hospitalares de outras regiões catarinenses.


De acordo com o Superintendente de Serviços Especializados e Regulação, Ramon Tártari, existem vagas disponíveis em diversas regiões do Estado, mas Oeste e Meio Oeste estão enfrentando problemas com a falta de vagas para UTIs Covid Adulto. “O nosso cenário global aponta ocupação de 75% em Santa Catarina, mas essas localidades estão com taxas elevadas e em alguns casos, com ocupação máxima”, disse. “Iniciamos essa operação que visa a busca de vagas em outras regiões e o uso do serviço aeromédico para maior agilidade nas transferências inter hospitalares”.

A aeronave permanecerá à disposição nos próximos dias para atender o serviço de regulação e transferir os pacientes. “É uma forma de auxiliar a aliviar a demanda de hospitais da região e proporcionar a distribuição dos pacientes via transferência inter hospitalar imediata.”

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*