Amunesc oficializa intenção de compra de 500 mil doses de vacina para Covid-19, afirma presidente da entidade

Segundo a estimativa, caso a compra se concretize, municípios como Garuva e Campo Alegre poderão imunizar toda a população com as doses que receberão

O presidente da Associação dos Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc) e prefeito de Garuva Rodrigo David (MDB) divulgou em suas redes sociais na noite deste sábado (27), a intenção de compra de 500 mil doses da vacina para a imunização contra a Covid-19. A proposta, segundo o presidente, foi oficializada em conjunto com a Federação Catarinense dos Municípios (Fecam).

Para Rodrigo, a situação da pandemia é alarmante e os órgãos públicos municipais não podem mais esperar, à medida que a saúde de Santa Catarina tende a entrar em colapso. “O Governo Federal envia ao Estado doses de vacinas, mas não o suficiente para nós municípios menores conseguirmos imunizar de forma rápida e eficiente para que o vírus não se alastre”, afirma. Como prefeito de Garuva, Rodrigo afirma que o investimento por parte do município, para a compra de 20 mil doses, é de 1 milhão de reais.

A compra de vacinas pelos municípios foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta semana. A decisão possibilita a aquisição em caso de descumprimento do Plano Nacional de Imunização por parte do Governo Federal. Neste momento, os municípios trabalham na vacinação a partir das doses distribuídas pelo Ministério da Saúde com o auxílio dos governos estaduais.

Confira a estimativa de doses que cada município poderá receber:

Araquari: 20 mil doses

Balneário Barra do Sul: 2,5 mil doses

Campo Alegre: 18 mil doses

Garuva: 20 mil doses

Itapoá: 20 mil doses

Joinville: 400 mil doses

Rio Negrinho: 10 mil doses

São Bento do Sul: 20 mil doses

São Francisco do Sul: 10 mil doses

Segundo a estimativa, caso a compra se concretize, municípios como Garuva, de aproximadamente 17 mil habitantes, e Campo Alegre, de aproximadamente 12 mil moradores, poderão imunizar toda a população com as doses que receberão.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*