“Vejo este momento como a luz no fim do túnel, como o início do fim da pandemia”, diz primeira imunizada em Araquari

A enfermeira Ana Paula dos Reis, que trabalha há 20 anos no município, recebeu a primeira dose da CoronaVac, na tarde desta terça-feira (19)

Em um ato simbólico, no auditório da Prefeitura de Araquari, a Secretaria Municipal de Saúde deu início, nesta terça-feira (19), a vacinação contra o coronavírus. A primeira a ser imunizada contra a Covid-19 foi Ana Paula dos Reis, enfermeira da Vigilância Epidemiológica. O município recebeu 355 doses da CoronaVac – imunizante produzido pelo Instituto Butantan e aprovado pela Anvisa no último domingo. Destas doses, 185 são destinadas à população indígena e as outras 170 são para o grupo prioritário da primeira fase: profissionais de saúde, idosos institucionalizados e idosos acima de 75 anos.

Ato simbólico deu a largada ao início da vacinação contra a Covid-19 em Araquari. Foto: Prefeitura de Araquari

Ainda na cerimônia, foram imunizados dois representantes da população indígena da cidade, os caciques Andréia Moreira e Cassiano. Uma idosa, de 93 anos, também foi vacinada contra o coronavírus. Esther Sant’ana de Oliveira Dias Gonçalves é moradora do Centro e representou os idosos que fazem parte do grupo prioritário da primeira fase. Os profissionais do Centro de Triagem Covid-19 também receberam a primeira dose da vacina nesta terça-feira. 

Para a secretária de Saúde de Araquari, Tânia Eberhardt, este é um momento histórico e de comemoração. “É emocionante fazer parte desse ato, em que a população de Araquari começa a ser imunizada. É como olhar pra frente e enxergar coisas boas, esperança de dias melhores”.

Foto: Prefeitura de Araquari

As doses serão destinadas nesta quarta-feira (20), às seis unidades de saúde que possuem sala de vacinação. Neste primeiro momento da campanha, serão imunizados os profissionais de saúde da rede pública, totalizando 137 profissionais. A vacinação contemplará também 10 pessoas entre idosos e profissionais que estão em uma Instituição de Longa Permanência (ILPI). Além de outros 23 idosos com mais de 75 anos. Neste caso, a prioridade é para os idosos acamados.  

Apesar do baixo quantitativo de vacinas enviadas ao município, a enfermeira Ana Paula dos Reis, que recebeu a primeira dose, comemora. Ana Paula é a enfermeira há 20 anos no município, sendo a profissional com mais tempo de casa. Enfermeira especialista em Saúde Pública e Saúde da Família, já atuou como enfermeira assistencial, coordenadora do Pronto Atendimento. Emocionada, em seu discurso destacou a importância da vacinação para conter o avanço da pandemia. 

“É gratificante ser a primeira profissional de saúde vacinada em Araquari. Eu represento cada profissional que tem se dedicado incansavelmente no combate a pandemia. Vejo este momento como a luz no fim do túnel, como o início do fim da pandemia”. Ana finalizou recomendando a vacinação. “Essa é uma ação coletiva, para proteger a própria saúde e a coletividade”.

A enfermeira Ana Paula dos Reis, que trabalha há 20 anos no município, recebeu a primeira dose da CoronaVac. Foto: Prefeitura de Araquari

Participaram da cerimônia de início da vacinação, o vice-prefeito de Araquari, Ludgero Jasper Junior, a secretária de Saúde, Tânia Eberhardt, a chefe de Gabinete, Pâmela Cristina Vieira, o secretário de Educação, Francisco Airton Garcia, a presidente do Conselho Municipal de Saúde, Gisele Silvano, e profissionais de saúde do Centro de Triagem Covid-19.  

Em seu discurso, o vice-prefeito destacou e parabenizou os profissionais de saúde do município pelo empenho e dedicação desde o início da pandemia. “A nossa gestão foi ágil em responder prontamente as necessidades da comunidade araquariense. Investimos mais em saúde, em medidas de prevenção e de combate à pandemia. Mais do que recursos públicos bem aplicados, contamos com a qualificação técnica dos nossos profissionais”, finaliza. 

Foto: Prefeitura de Araquari

Desde o início da pandemia, Araquari registrou 23 óbitos em decorrência da Covid-19 e mais de 1470 casos positivos. De acordo com a Secretaria de Saúde, a imunização seguirá as normas e critérios estipulados pelo Plano Estadual de Vacinação contra o coronavírus e a medida em que as doses chegarem ao município serão aplicadas nos grupos prioritários. 

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*