Santa Catarina avalia implantação de bilhete digital no transporte intermunicipal de passageiros

O projeto envolve o desenvolvimento de uma plataforma online que permitirá ao usuário, por meio de um cadastro único, circular de ônibus entre os municípios catarinenses sem a necessidade de uso de cartão ou dinheiro em papel

Teve início em Santa Catarina os trabalhos para implantação de bilhetagem digital no transporte intermunicipal urbano e rodoviário de passageiros. A Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana (Suderf), que já atua na implantação da rede integrada de transporte coletivo da Grande Florianópolis, participa da iniciativa.

O projeto, que está na fase da elaboração do Termo de Referência, envolve o desenvolvimento de uma plataforma online que permitirá ao usuário, por meio de um cadastro único, circular de ônibus entre os municípios catarinenses sem a necessidade de uso de cartão ou dinheiro em papel. A proposta é que o passageiro utilize o celular e possa pagar por QR Code ou Pix, por exemplo. 

Segundo o superintendente da Região Metropolitana, Thiago Augusto Vieira, a Suderf deve se reunir com as prefeituras da Grande Florianópolis para apresentar o projeto, que vem sendo discutido junto à Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) para implantação em todo o estado. “Queremos integrar a região metropolitana e modernizar o sistema de bilhetagem a partir da gestão e da operação digital do serviço, facilitando a vida do usuário”, afirmou Vieira.

A intenção é que a ferramenta permita, no futuro, a integração com os programas de bilhetagem dos municípios em um único sistema.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*