“Meu desejo é que todos sejam imunizados, e possamos voltar às nossas vidas normais”, diz primeira imunizada em Itapoá

Débora da Silva Estevão Coelho, 33 anos, técnica em enfermagem, tornou-se a primeira pessoa a receber a vacina contra a Covid-19 no município

A técnica em enfermagem Débora da Silva Estevão Coelho, 33 anos, moradora do bairro Saí Mirim tornou-se a primeira pessoa a receber a vacina contra a Covid-19 em Itapoá. A campanha de imunização iniciou na tarde de hoje no município e contou com 96 doses da vacina Coronavac, disponibilizadas pela Secretaria de Saúde de Santa Catarina.

Débora recebendo a vacina da Coronavac. Foto: Prefeitura de Itapoá.

Débora conta que trabalha na área de saúde há 12 anos e 5 meses e, em sua trajetória profissional, passou por setores como: UTI Neonatal, Estratégia de Saúde da Família (ESF), inclusive como vacinadora e, agora, em urgência e emergência no Pronto Atendimento de Itapoá. Para ela, 2020 foi um ano atípico em sua carreira.
“O ano de 2020 foi desafiador, se não o mais difícil que vivi até hoje em minha profissão. Em muitos momentos a esperança era a única companhia, vivemos dias de intensa batalha e, por vezes, achávamos que estávamos perdendo a guerra”, revela a profissional.

Vacinas contra a Covid-19 em Itapoá. Foto: Prefeitura de Itapoá.

Débora destaca que iniciar 2021 com a notícia da imunização, e ainda sendo o primeira pessoa a receber a vacina, faz sentir-se como quem abre as portas para a esperança de um novo abraço, aquele tão esperado por muitos. A enfermeira torce para que tanto seus demais colegas de trabalho como a população em geral recebam a vacina. “Meu desejo é que todos sejam imunizados, e possamos voltar às nossas vidas normais”, finaliza.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*