Prefeitura de Itapoá é alvo de operação

Prefeito Marlon Neuber renunciou ao cargo, mas afirma que não tem relação com ação realizada nesta manhã

A Prefeitura de Itapoá foi alvo nesta manhã de terça-feira (1) de um mandado de busca e apreensão no local para extrair dados dos computadores e também apreendeu um drone. A realização da operação foi coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

De acordo com uma nota publicada pelo Ministério Público, foi instaurado um inquérito para apurar atos de improbidade administrativa relacionados ao uso de agentes públicos em desvio de finalidade, que é quando a estrutura pública é usada para executar serviços de cunho pessoal ou privado.

Material será enviado à perícia. Foto: Ministério Público

Todos os mandados foram cumpridos e o material recolhido será levado à perícia técnica para a extração das informações que possam servir como elementos de prova.  

Devido ao sigilo do caso, pedido pelo Promotor de Justiça Luan de Moraes Melo para não prejudicar as investigações, não serão divulgados os nomes de eventuais agentes públicos e servidores possivelmente envolvidos.

Renúncia

Em vídeo publicado nas redes sociais ontem (30), o prefeito Marlon Neuber comunicou sua renúncia ao cargo, afirmado que voltará às funções como prefeito em janeiro, já que foi reeleito.

Ele também afirmou que desconhece sobre o inquérito e a ação dos servidores, e que não há qualquer relação da operação realizada na prefeitura com a renúncia ao cargo.

Assista ao vídeo na íntegra

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*