‘Achei que se tratasse de uma brincadeira’, diz prefeito de Itapoá sobre notícia falsa

Em uma notícia publicada por um jornal de Canoinhas havia a afirmação de que Ezequiel de Andrade teria sido condenado por feminicídio; assessoria afirma que ele está verificando com a sua equipe jurídica quais as medidas legais que serão tomadas

Na semana passada, a Prefeitura de Itapoá foi abalada por uma nova notícia que circulava pelas redes sociais do Estado, na matéria havia a falsa afirmação de que o atual prefeito, Ezequiel de Andrade, havia sido condenado por feminicídio minutos após sua posse, em uma cerimônia realizada na Câmara da Vereadores do município. A notícia foi publicada por um jornal de Canoinhas e repercutiu em Santa Catarina.

Foto: Divulgação

O atual prefeito de Itapoá conta que, quando soube da notícia que estava circulando, em um primeiro momento, achou “que se tratasse de uma brincadeira”. “Mas, quando viu no site ‘Canoinhas Online’ que era realmente uma notícia dada como verdadeira pelo órgão de imprensa, ficou surpreso”, conta a assessoria de Ezequiel.

De acordo com a assessoria do prefeito, foi tentado contato com os responsáveis pelo site, mas não foi possível, “uma vez que não consta endereço ou telefone para contato, apenas um telefone de WhatsApp e um site”. Segundo o assessor, as mensagens enviadas pelo aplicativo não eram recebidas pelo destinatário. “Somente no final da tarde a notícia foi retirada do site”, destaca.

Prefeito de Itapoá Ezequiel de Andrade. Foto: Redes Sociais

“Evidente que, mesmo com as explicações dadas às pessoas que haviam lido a matéria, o estrago à imagem do prefeito e o constrangimento já havia sido feito”, disse a assessoria de Ezequiel em entrevista ao Folha Norte SC.

O assessor também levanta a suspeita de que não se sabe ainda se a notícia foi distorcida pelo site “por incompetência ou por má-fé”, questiona. Segundo ele, é difícil acreditar que um profissional de imprensa possa distorcer os fatos dessa maneira, misturando a história do réu do processo que estava sendo julgado no Tribunal do Júri, com a vida do prefeito, sem ser de forma intencional. De acordo com a equipe de Ezequiel, ele está verificando com a sua equipe jurídica quais as medidas legais que serão tomadas.

O Folha Norte SC está em contato com os responsáveis pelo site Canoinhas Online para buscar esclarecimentos sobre o ocorrido.

Entenda

Uma interpretação errônea de uma notícia publicada pelo site do Poder Judiciário de Santa Catarina foi a causadora da confusão. O site do judiciário informou que, após a sessão de posse do atual prefeito de Itapoá ser interrompida para a limpeza do local, um acusado de feminicídio foi julgado no mesmo espaço e condenado a 21 anos de prisão. Porém, o jornal canoinhense interpretou que o prefeito e acusado eram a mesma pessoa, publicando a notícia inverídica.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*