Eleições em Garuva: Marcio Tinte analisa pontos negativos e positivos da gestão de Rodrigo

Falta de estrutura na saúde e pouco incentivo para o setor turístico foram temas levantados como negativo na gestão atual, mas a criação de praças e a pavimentação de ruas, para Tinte, tornaram-se programas que dará continuidade, caso eleito

O candidato republicano Marcio Tinte, da coligação “Juntos Pelo Povo Garuvense” enumerou pontos negativos e positivos da atual gestão que comenda a Prefeitura de Garuva. Falta de estrutura na saúde e pouco incentivo para o setor turístico foram temas levantados como negativo na gestão de Rodrigo, mas a criação de praças e a pavimentação de ruas, para Tinte, tornaram-se programas que dará continuidade, caso eleito.

Pontos Negativos

Saúde
O candidato enumera como primeiro ponto negativo a falta de estrutura para o atendimento existente na saúde de Garuva. Para ele, muitos garuvenses já sofreram com isso. “Alguns até vieram a óbito pela falta de transporte de uma UTI Móvel”, enfatiza.
Entre outros problemas que o candidato enumera, ele destaca que serão paliativamente resolvidos com suas propostas de: adquirir UTI Móvel para o município; aumentar a capacidade de atendimento da UPA, para possibilidade de realizar pequenos procedimentos no local; investir em uma casa de partos para gestantes de baixo risco.

Turismo
O republicano também destaca o turismo em Garuva com muito pouca atenção dos olhos da administração. “Garuva tem um potencial natural nato para o turismo, uma atividade que aumenta receita, gera renda e deixa a cidade mais bonita”
Neste sentido, Marcio Tinte conta que, diante da atual omissão no setor, vê a oportunidade de aumentar a atenção na área, investir no ecoturismo e também na urbanização de nossa cidade, “para que quem passar por ela veja o porquê de ser o paraíso das águas”, ressalta.
Ainda no turismo, o candidato acredita que um melhor cuidado da Avenida Paraná pode trazer mais pessoas para dentro da cidade, “gente que atualmente só enfrenta fila, sinaleiro e buracos”, diz. Devido a esse problema, o candidato propõe municipalizar o trecho urbano dessa Avenida, para que o município passe a ter autonomia sobre ela.

Educação
“Devemos melhorar nossos ensinos, e nosso Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – mostra isso. Nos anos finais dos ensinos fundamental e médio não atingimos a meta do IDEB desde 2011, e nossas últimas notas foram muito baixas, em especial no ensino médio (3,8 em 2019)”, apresenta o candidato sobre o resultado do Ideb garuvense no último levantamento.

Com isso, Tinte diz que quer atuar mais junto desses profissionais e mudar essa situação. Além de verificar a estrutura de ensino, ele deseja investir na formação continuada dos professores, “estamos em uma época aonde ocorrem muitas mudanças, avanços, e nossos mestres precisam estar na van guarda do conhecimento”, ressalta
Marcio Tinte também conta sobre o desejo de, também, investir na formação de jovens após o ensino médio, seja em cursos profissionalizantes, técnicos ou superior. “Vamos buscar recursos e parcerias para dar eles a oportunidade de escolher se querem entrar no mercado, bem preparados, ou seguir na academia”, sugere.

Segurança
“Não temos ponto negativo, porque não há um programa para o setor no município. E isso queremos mudar”, alerta Marcio Tinte.
Em um primeiro momento, o republicano conta que irá investir no conceito da segurança comunitária, com soluções como rede de vizinhos e câmeras de monitoramento pela cidade. “Desse modo, mitigando muito de nossos problemas”, complementa.
Além da segurança comunitária, no curto-médio prazo, o candidato pretende apoiar a Polícia Militar, para, segundo ele, “voltarmos a ter um batalhão em Garuva, que hoje se encontra somente com destacamento”.

Pontos positivos

Marcio Tinte também destacou os pontos positivos do governo de Rodrigo, os quais, pretende dar continuidade:

Regularização fundiária, fundamental para o crescimento ordenado da cidade; parques e praças nos bairros, além de continuar sua implementação, queremos incentivar o uso. “Não basta termos espaços, o povo tem que ser incentivado a vir para o esporte e usar e cuidar dos espaços públicos”, destaca. Ainda sobre os parques e praças nos bairros, Tinte quer utilizá-los como forma de opção aos jovens que estão nas ruas e nas drogas.

Pavimentação de ruas

Marcio Tinte pretende continuar o programa de pavimentação no município; mas, segundo ele, primeiramente acertar as contas públicas, para fazer um investimento contínuo e com recursos próprios. “Porém, queremos pavimentar já pensando no desenvolvimento sustentável, dando aos garuvenses, além do asfalto, o devido tratamento do esgoto. Água é marca registrada garuvense, não podemos perder isso deixando que esgotos cheguem em nossos rios”, alerta.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*