Araquari e São Francisco do Sul cancelam festas de final de ano devido à pandemia

Stammtisch, Festa do Caranguejo e Agita Verão estão também entre as festividades suspensas em Araquari

As Prefeituras de Araquari e São Francisco do Sul cancelaram nesta semana as festividades de final de ano devido a pandemia da Covid-19. Em Araquari, além do show de fogos do Ano Novo, Stammtisch, Festa do Caranguejo e Agita Verão estão também entre as festividades suspensas.

Araquari

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura do município, os eventos foram suspensos em virtude da pandemia do novo coronavírus, como uma medida de segurança para a população.
 
“Esse é um ano difícil e infelizmente os casos de pacientes infectados pelo vírus têm aumentado na região Nordeste, a qual Araquari faz parte e a matriz de risco potencial de nossa região voltou para gravíssimo, por esse motivo decidimos não realizar esses eventos nesse período”, comenta o secretário de Turismo, Lazer e Esporte, Paulino Sérgio Travasso.  

Réveillon na Praia de Itapocu, em Araquari. Foto: Divulgação


Entre as festas canceladas estão a Stammtisch de Araquari, geralmente realizada em dezembro. A festa de Réveillon do Centro e da Barra do Itapocu, que em sua última edição contabilizou mais de 6 mil pessoas, e a Festa do Caranguejo, que acontece normalmente no início do ano, entre os meses de janeiro e fevereiro.
 
“Nós também cancelamos o “Agita Verão 2021”, que costumamos fazer na praia da Barra do Itapocu, oferecendo atividades esportivas, recreativas e de lazer, durante o mês de janeiro. É triste porque nossos eventos são aguardados pela população, mas é para o bem de todos. Esse ano, o nosso foco está na proteção e prevenção da doença Covid-19”, diz o secretário.

São Francisco do Sul

O prefeito Renato Gama Lobo, recebeu, na última semana, o futuro prefeito, Godofredo Gomes Moreira Filho, e seu vice, Sérgio Murilo de Oliveira, para tratar de questões relacionadas à transição do governo. Vários temas foram abordados, entre eles as ações para a temporada de verão.

Autoridades se reuniram para decidir o cancelamento das festividades. Foto: Divulgação

A exemplo de cidades como Imbituba, Florianópolis, entre outras de todo o país, que já cancelaram as festividades de fim de ano, foi decidido que não haverá contratação de fogos e de atrações musicais para o Réveillon. A decisão objetiva evitar aglomerações em locais onde é comum a concentração de pessoas durante as festas da virada para impedir, na medida do possível, a propagação do Coronavírus. A cidade costuma receber mais de 200 mil pessoas nas praias e na região central para acompanhar a festa da virada.

A decisão foi pautada no crescente número de casos em todo o estado e, também, no município nas últimas semanas. Além disso, o entendimento é de que a Prefeitura precisa atuar no sentido de conter a doença e, neste momento, evitar aglomerações é crucial.

Outro tema tratado foi a contratação de banheiros químicos nas praias durante a temporada. Não serão colocados banheiros por não haver segurança sanitária devido à pandemia. Para ter à disposição as estruturas, é necessário que elas sejam higienizadas após cada utilização, o que torna inviável a execução. As medidas de segurança se estendem também à decoração de Natal. Não será instalada para não haver aglomero de pessoas.

Tanto Renato, quanto Godofredo concordaram que, neste momento, a segurança das pessoas é a prioridade e pedem a compreensão de moradores e turistas, já que a Covid-19 alterou o calendário em diversas cidades do país e do mundo.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*