Acig divulga cartilha de sugestões aos candidatos à Prefeitura de Garuva

Segundo o presidente, Gesiel Eggea Menezes, foram destacados três pontos fundamentais para o desenvolvimento das propostas

A Associação Empresarial de Garuva (Acig), divulgou nessa quinta-feira (12), uma cartilha de sugestões aos três candidatos à Prefeitura de Garuva.

Person e Carrara estiveram presentes na entrega da pauta elaborada pela Acig.
Foto: Divulgação

Gesiel Eggea Menezes, presidente da entidade, conta que a criação da cartilha chamada de “Voz Única Municipal 2020” de Garuva, que foi elaborada pela Acig, faz parte do programa “Voz Única” criado pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc). A proposta da entidade catarinense é uma forma de reivindicar as necessidades do setor empresarial e da comunidade em geral aos futuros governantes dos municípios.

Tinte em entrega da pauta organizada pela Acig. Foto: Divulgação

Segundo o presidente, foram destacados três pontos fundamentais para o desenvolvimento das propostas: canal direto, democrático, transparente, idôneo e apartidário com a administração municipal; mapeamento qualitativo e quantitativo das demandas da sociedade e da classe empresarial garuvense, e o trabalho e planos de gestão podem ser focados e integrados com as demandas organizadas e priorizadas pela classe empresarial do município.
“Esses são os pilares que norteia o Voz Única Municipal 2020”, afirma.

Rodrigo e Tino recebendo a pauta das mãos do presidente da Acig. Foto: Divulgação

Leia a cartilha na íntegra:

Pleitos dos empresários coletados pelo Formulário Digital do Voz Única Municipal de Garuva – 2020

Assistência Social:
• Informatizar todo o sistema de assistência social do município, tendo como principio a transparência das ações desenvolvidas, bem como, a demonstração dos gastos com a referida pasta;
• Adoção de um sistema de pagamento eletrônico (cartão) de benefícios municipais (Cestas Básicas, voucher de aluguel, etc…)

Educação / Inovação / Cultura:
• Oportunizar à sociedade com cursos diferenciados: como, inglês, espanhol, chinês, japonês, teatro etc…;
• Construção de um anfiteatro;
• Escolas modernas e professores qualificados, com diversidade de cursos e disponibilidade de acesso ao ensino integral, possibilitando aulas no contraturno escolar, bem como, atividades de reforço escolar;
• Parceria com escolas técnicas como SENAC, SENAI, SENAR, ETT – Escola Técnica Tupy, visando qualificar a mão de obra local;
• Horário diferenciado das creches, em função dos trabalhadores terem seus horários em empresas até as 18:30 Hs;
• Centro de capacitação, voltado a inovação, tecnologia e robótica (laboratório);
• Inserir na grade curricular as matérias relacionadas a educação financeira, sustentabilidade, empreendedorismo e cidadania.

Empregos:
• Criar indicadores de demandas sobre a mão de obra qualificada e índice de desemprego, para que o poder público possa tomar decisões assertivas;
• Proporcionar incentivos para atrair novas empresas e manter as existentes, gerando mais empregos e movimentando a economia da cidade.

Esporte / Lazer:
• Fomentar a parceria com os empresários, bem como as entidades locais, a fim de incentivar as práticas esportivas em nosso município;
• Ações de melhorias, ampliação, instalação e aperfeiçoamento dos locais de praticas esportivas em nosso município (todas as localidades).

Infraestrutura e Planejamento:
• Pavimentar uma via alternativa da BR 101 para ligação com Joinville;
• Revisão minuciosa do Plano Diretor vocacionado para o desenvolvimento sustentável;
• Revitalizar estradas e calçadas, por meio de um planejamento que contemple a execução de ciclovias em pontos estratégicos;
• Articulação com o Governo do Estado para revitalização e manutenção das Rodovias Estaduais que cortam nosso município;
• Articulação com o Governo Federal e demais entidades, a fim de agilizar as demandas do núcleo de comércios da BR 101.

Meio Ambiente e Rural:
• Elaborar e colocar em prática estratégias, projetos e planos ambientais com fiscalização mais eficaz, voltadas ao bem-estar animal, controle de zoonoses, despejo de efluentes poluidores, controle biológico de pragas e vetores, queima de lixo urbano, desmatamento;
• Criar parques urbanos públicos com infraestrutura adequada também a cadeirantes e deficientes visuais. (banheiros, bebedouros, iluminação, quadras de esportes, pista de caminhada e ciclovia);
• Criar e manter parques rurais com acesso fácil e segurança. (monitores, sinalização e manutenção de trilhas com placas de identificação e orientação de trilha, corrimões, trilhas limpas, lixeiras, taludes, degraus.);
• Dar maior incentivo com isenção ou desconto significativo em impostos ou taxas de energia elétrica, crédito público diferenciado, a propriedades rurais e urbanas particulares, indústria, comércio, bens de serviços e outros. Sendo estes que implantarem e implementarem boas ações, projetos e programas ambientais, sociais, esportivos;
• Incrementar o turismo ecológico voltado à educação e pesquisa ambiental, e esportes de aventura.

Mobilidade Urbana / Transporte:
• Revitalizar a Avenida Celso Ramos, do trecho entre o sinaleiro e a prefeitura, com sentido único, vagas em 45º, bem como um calçadão com criação de quiosques que poderão serem concedidos a iniciativa privada;
• Planejar a mobilidade urbana de forma integrada (por projetos específicos);
• Disponibilização de transporte público, integrado a rede municipal de Joinville, com o terminal do bairro Pirabeiraba no município de Joinville.

Política e Gestão Pública:
• Participação ativa das entidades representativas dentro do governo municipal. Ex.: Em uma reunião com um novo empresário/investidor, estar além do prefeito e vice-prefeito, também os secretários, bem como o representante da entidade representativa ao empresário;
• Pensar o desenvolvimento socioeconômico e sustentável criando políticas públicas que permitam executar e alcançar as metas previstas no mapa estratégico da cidade, criado pelo Programa de Desenvolvimento Econômico Local – DEL;
• Dar condições para que haja uma desburocratização dos processos que envolvem a esfera municipal, consequentemente, diminuindo a máquina pública;
• Incentivar os Garuvenses a se tornarem mais participativos nas políticas públicas;
• Tornar as contratações e nomeações dos servidores públicos com caráter técnico, para que possam prestar um serviço com mais qualidade, fornecendo informações corretas que objetivem desburocratizar o sistema.

Saneamento Básico:
• Sistema de Coleta e tratamento esgoto em nosso município.

Saúde Pública:
• Criar o Programa Saúde do Trabalhador, o mesmo teria por objetivo fazer exames preventivos na empresa assim evitar a sobre carga nos postos de saúde bem como evitaria atestado de um período para meia hora de consulta, alguns exemplos de exames seriam: (DST, diabetes, colesterol e testes rápidos);
• Indicar secretários e subsecretários com capacidade técnica para tal ou mediante prova de proficiência;
• Instituir médicos especializados, como por exemplo Ginecologista e pediatra.
• Oportunizar, convênios médicos mais acessíveis;
• Maior divulgação dos projetos oferecidos pela saúde, pois hoje o munícipe não tem total conhecimento dos mesmos ofertados;
• Melhorar o acompanhamento a pacientes com doenças graves ou crônicas;
• Humanizar, ainda mais, os atendimentos nos postos de saúde.

Segurança Pública:
• Ampliar número de policiais militares;
• Apoio a rede de vizinhos ou similares, com aumento de rondas policiais na cidade;
• PROERD – Programa Educacional de Resistencia as Drogas e a Violência para adolescentes de 14 a 18 anos;
• Projeto Bem-Te-Vi. (Ampliação e manutenção);
• Aquisição de equipamentos para o trabalho dos bombeiros em Garuva, como por exemplo, EPIS, equipamentos técnicos, viaturas, bem como, contratar ao menos 4 BCP (Bombeiros Comunitários Públicos) para auxiliar a corporação de Garuva.

Tecnologia / Energia e Meios de Comunicação:
• Digitalização de todos os processos da prefeitura, a fim de dar agilidade e transparência em todos os atos públicos municipais;
• Adquirir o sistema de georeferenciamento do cadastro municipal, a fim de atualizar e melhorar o setor de cadastro, consequentemente melhorando a arrecadação;
• Melhorar a rede distribuição de Energia Elétrica e Rede de Telefonia/Internet. Em soluções de suas deficiências. E também, em projetos, viabilizar alternativas sustentáveis.

Tributária:
• Aplicação do IPTU progressivo, aquele para áreas ociosas do município, bem como, a adequação da cobrança do ITBI diferenciada, para imóveis financiado, assim como a possibilidade de parcelamento do imposto em até 6 vezes;
• IPTU Verde. Descontos para quem pratica sustentabilidade e aumento para quem não tem calçada e cerca ou mantem terreno baldio sujo ou com mato;
• Ter mais rigidez e aproveitamento dos recursos, fiscalizando-as;
• Incentivo fiscal aos contribuintes que possuem cisterna, energia, solar e compostagem.

Turismo:
• Desenvolver nossas potencialidades turísticas em projetos de parcerias com colonos, valorizando a venda dos produtos coloniais e assim gerando renda a estas famílias. E também capacitar guias turísticos para estes locais;
• Aumentar a visibilidade turística de Garuva com as Pousadas, Rios, Trilhas, entre outros;
• Implantação de turismo focado nas riquezas e belezas municipais que temos, bem como, firmar parceria com as entidades empresarias para desenvolvimento do DEL no turismo em Garuva;
• Incentivar, planejar, capacitar e organizar a cadeia produtiva e profissionais do turismo em um ecossistema integrado, desde os pontos turísticos, hotéis, bares, restaurantes e todos os agentes diretos e indiretos;
• Integrar e explorar de forma eficaz os potenciais turísticos de Garuva e região;
• Criar alternativas turísticas realmente diferenciadas e inovadoras.

Sobre Temas de Interesse Geral:
• Plano de atração de novas empresas e geração de empregos e novos postos de trabalho;
• Implementar e executar os projetos estratégicos do Plano de Desenvolvimento Socioeconômico Local e Regional, dando maior ênfase a nossa vocação econômica e competitividade do município;
• Destacar o potencial do município com ações e campanhas de marketing, demonstrando as potencialidades socioeconômicas de Garuva e o planejamento do que se pode alcançar, na atração de novos empreendimentos e mão-de-obra.

Texto: Herison Schorr

Jornalista formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*