Retomada pós-Covid: gestores incentivam adesão ao selo de Turismo Responsável na região

Entidade busca adesão de empresários do setor ao selo Turismo Responsável, do Ministério do Turismo

Reunidos na manhã dessa quarta-feira (16), os gestores do turismo dos municípios da Amunesc discutiram alternativas para o incentivo à retomada do setor no após o pico de Covid-19 registrado na região. Para isso, buscam adesão de empresários do setor ao selo Turismo Responsável, do Ministério do Turismo.

Centro de Araquari. Foto/Herison Schorr

“Os turistas que viajarem agora vão procurar por destinos que se comprometam com a sua segurança e com a segurança de sua família. Restaurantes, bares, hotéis e todos os equipamentos do setor que certifiquem o atendimento às normas com certeza terão vantagem competitiva frente aos demais”, declarou a Secretária-Executiva da Amunesc, Simone Schramm.

Segundo o Ministério do Turismo, “o selo é um incentivo para que os consumidores se sintam seguros ao viajar e frequentar locais que cumpram protocolos específicos para a prevenção da Covid-19.” Para a coordenadora do Colegiado de Turismo da Amunesc e gerente de Turismo e Eventos da Secretaria de Cultura e Turismo de Joinville, Juliana Oliveira, o selo é um estímulo: “sabemos que as pessoas depois de tanto tempo em casa só querem uma coisa: viajar, mas sem prejuízo para a sua saúde”, declarou.

Segundo ela, o cenário desafiador que o setor enfrenta desde março aponta que as empresas precisam seguir regras para atendimento ao público. “As pesquisas mostram que os turistas estão buscando momentos de lazer junto a família, mas não abrem mão da segurança sanitária. Daí a importância de os empreendimentos buscarem o selo que sinaliza que aquele espaço está preocupado com os protocolos de saúde. É importante que os empreendimentos turísticos estejam atentos a todos os materiais que estão sendo produzidos para dar suporte à atividade”, concluiu.

Como se inscrever

Ao aderir ao selo, os estabelecimentos se comprometem a seguir as normas de segurança e medidas de prevenção à transmissão do Novo Coronavírus, e recebem um selo para divulgarem em seu espaço. Empresas e guias de turismo interessados em aderir ao selo devem acessar aqui e fazer inscrição no Cadastur – Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos -. Para os que já possuem o cadastro, é necessário mantê-lo atualizado.

União de esforços pela retomada 

Esta é apenas uma das iniciativas estimuladas pelos gerentes, diretores e secretários municipais de turismo da região. Com o apoio da Amunesc, outra iniciativa em andamento é o Plano de Retomada Caminho dos Príncipes, apresentado no começo de julho para a comunidade. 

O projeto foi elaborado por empresários do setor de turismo, membros de entidades representativas e representantes do Poder Público dos 16 municípios integrantes da Região Turística Catarinense Caminho dos Príncipes. O objetivo é promover ações integradas na região, nas áreas de capacitação, comunicação, produtos turísticos e captação de recursos para a retomada gradativa do setor de turismo, com iniciativas que deverão ser implementadas a curto, médio e longo prazo, a partir do lançamento do plano.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*