Prefeito de Garuva renuncia presidência da Amunesc

Rodrigo deixou a cadeira da associação para disputar as eleições municipais deste ano

Cumprindo a legislação eleitoral que exige a descompatibilização da diretoria para a candidatura à reeleição aos cargos de prefeitos, Rodrigo Adriany David, prefeito de Garuva, renunciou à presidência da Amunesc. A carta de renúncia foi assinada nesta quinta-feira na sede da associação. Os vice-presidentes e os integrantes do Conselho Fiscal também deixam a diretoria. 

Rodrigo, que é médico, assumiu a presidência da Amunesc em fevereiro e conduziu a associação no período em que os municípios se preparavam para o enfrentamento da pandemia provocada pelo novo coronavírus. Entre as realizações de sua gestão está a coordenação das ações estratégicas de combate à Covid-19 e a cobrança por mais diálogo com o governo estadual, além da entrega de projetos aos municípios.

“Quis o destino que eu fosse presidente da Amunesc num momento de pandemia. Com minha experiência como médico, pude dialogar com os prefeitos da região e orientar quanto à tomada de decisões. Foi um período curto, mas de grandes aprendizados e superação de desafios”, destaca o prefeito.

A priorização do home office e a impossibilidade de aglomerações fez com que as Assembleias de Prefeitos da Associação passassem a ser realizadas por videoconferência. O Secretário-Executivo da Amunesc, Tufi Michreff Neto, ressalta: “a pandemia nos trouxe novos cenários e, por mais que a gestão do doutor Rodrigo tenha sido breve, este foi o período em que mais realizamos o encontro entre os prefeitos. Sua atuação trouxe mais integração e mais segurança aos prefeitos da região na condução dos processos em seus municípios”, concluiu.

Entenda a renúncia

A lei eleitoral determina que a descompatibilização dos cargos deve ser feita quatro meses antes da eleição no caso da candidatura dos prefeitos. Apesar de a manutenção do pleito deste ano ainda estar em discussão no legislativo federal e da possibilidade de mudanças no calendário eleitoral, a associação segue a determinação legal vigente. Também por este motivo, os presidentes das Câmaras de Vereadores integrantes do Conselho Fiscal fizeram a descompatibilização no dia 04 de abril, seis meses antes do pleito. A eleição da nova diretoria e conselho fiscal da Amunesc será realizada no próximo dia 16.

Fonte/Foto: Amunesc

Edição: Herison Schorr

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*