Médico de Itapoá pede desculpas à população após testar positivo para Covid-19

O médico da Unidade de Saúde da Barra do Saí e plantonista da UPA de Itapoá, que testou positivo para Covid-19, divulgou em vídeo, na tarde desta quarta-feira (15), um pedido de desculpas para os moradores por não ter se afastado de suas funções enquanto aguardava o resultado do exame.

“Gostaria de pedir desculpas a público se esse meu ato de desobedecer o isolamento e acabar fazendo o plantão na UPA tenha causado algum pânico, algum transtorno”, diz Márcio Gonçalves Vieira da Cunha que está em Curitiba para recuperação.

Segundo o vídeo, que também se tornou um espaço para esclarecimentos, Márcio solicitou no domingo, em Curitiba, um exame para Covid-19 após apresentar leves sintomas, como dor de cabeça e pouca tosse. Na segunda-feira (13), retornou ao trabalho em Itapoá e, após comentar com a Secretária de Saúde do município sobre o exame que havia feito, se afastou do trabalho por orientação dela. Na terça-feira a noite (14), regressou ao trabalho como plantonista na UPA do município onde, de acordo com o médico, utilizou de equipamentos de proteção como os demais funcionários, e atendeu poucas pessoas. Às 22h, recebeu o resultado do exame constando que estava com o coronavírus.

“Imediatamente, solicitei ao médico de plantão que me desse um atestado e prescrevesse medicação, depois fiquei em isolamento dentro da UPA, sem tocar em pacientes”, diz o médico sem ter ideia de que estava infectado.

De acordo com Márcio, tanto na segunda de manhã quanto na terça a noite, foram poucos pacientes atendidos e, durante as consultas, usou os equipamentos que protegem o profissional e o paciente.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*