Família de Itapoá faz campanha para pagar cirurgia de menino com catarata

Joaquim Weber, de apenas 4 anos, precisa arrecadar R$ 21 mil para realizar procedimento

Joaquim Weber, ou “Joca”, como é carinhosamente chamado, tem apenas 4 anos de idade e precisa, com urgência, realizar uma cirurgia para retirar a catarata que se desenvolveu no olho direito. Com uma renda mensal de apenas um salário mínimo e meio, a família do menino, que é moradora da Barra do Saí, em Itapoá, lançou uma campanha nas redes sociais para arrecadar o valor de R$ 21 mil, preço estimado da cirurgia.

Joaquim, de apenas quatro anos, precisa realizar uma cirurgia de catarata no olho direito. Foto/Divulgação

Segundo a mãe de Joaquim, a dona de casa Franciele Weber, 35 anos, o caçula é seu filho do coração, já que o adotou quando ele tinha quatro meses de vida.

Gravação/Acervo

Com o passar dos primeiros anos, ela percebeu que o menino tinha um problema na visão, posteriormente diagnosticado pelos médicos como catarata, a qual, se agravou devido constantes lesões provocadas por Joaquim que é diagnosticado com hiperatividade, para qual, também faz tratamento.

Foto/Divulgação

Pelo SUS, Franciele conta que tem uma consulta marcada para o final do mês, onde Joaquim será avaliado e poderá conseguir a cirurgia sem custos; porém, com a incerteza da realização do procedimento e da possibilidade de demora, a mãe decidiu pela arrecadação virtual, com intenção de realizar a operação em um hospital privado. “A cirurgia tem que ser o mais rápido, para não afetar o olho”, explica apreensiva.

A relação de amor entre mãe e o filho começou com Franciele sendo apenas sua cuidadora; agora, ela fará o impossível para devolver ao menino a visão perfeita. “Nosso amor por esse pequeno foi à primeira vista. Assim que o vi, me apaixonei por ele. Hoje em dia, não sei se vivo sem ele; já faz parte do meu viver, faz parte de mim”.

Para contribuir com a campanha de Joaquim, clique aqui.

Jornalista Herison Schorr

Formado pela Faculdade Bom Jesus Ielusc

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu email não será publicado


*