IFC de São Francisco do Sul produz álcool em gel para a população do município

Professores do Instituto Federal Catarinense (IFC), do Campus de São Francisco do Sul iniciarem nesta semana a produção de álcool em gel. Em um único dia, produziram 30 litros do material que será doado para o município. O laboratório de química da instituição trabalha em parceria com a empresa La Vertuan Dermocosméticos de Araquari que doou dois agentes fundamentais para a fabricação do álcool em gel. O produto, agora, aguarda a liberação da Vigilância Sanitária do Estado e a indicação dos locais para doação.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 91526100_2141149409352897_9024062047964364800_o.jpg
Foto: divulgação

De acordo com o Diretor Geral do Campus de São Francisco do Sul, Adalto Parada, a instituição tem capacidade para produzir ainda mais litros de álcool em gel; porém, carecem de doações dos componentes necessários para a fabricação, como o álcool graduação 96 % ou 99,5 %.

A proposta de produzir álcool em gel, para ser distribuído gratuitamente à população de São Francisco do Sul, surgiu dentro da instituição durante uma reunião do Comitê de Crise do Coronavírus, após analisarem a estrutura do local. “Possuímos laboratórios, técnicos e professores capacitados para realizar esta atividade, então nos disponibilizamos para realizar o processo”, afirma o diretor que ainda ressalta que a produção do álcool em gel não pode ser feita de qualquer forma e que houve a necessidade de buscar um amparo legal para o início dos trabalhos, com as orientações da Anvisa, Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária do Estado.

Foto: divulgação

Segundo o diretor, o IFC aguarda a liberação da Vigilância Sanitária para autorizar a continuidade dos trabalhos e a distribuição do produto e pede às autoridades em geral, principalmente, da administração municipal de São Francisco do Sul para interceder junto à Secretaria de Saúde e Vigilância Sanitária do município a agilidade do processo, reafirmando a capacidade e o desejo da instituição de produzir o máximo possível de álcool em gel.

“Um dos objetivos das instituições de ensino federal, como o IFC, é dar um retorno para nossa sociedade, principalmente, neste momento em que ela tanto necessita de apoio” afirma. 

De acordo com o diretor, os 15 Campus do IFC estão trabalhando em conjunto e poderão produzir, aproximadamente, 250 litros de álcool em gel, além de máscaras feitas por impressoras 3D.

Sobre a produção do álcool em gel

Adalto conta que acompanhou pelas redes sociais alguns vídeos errôneos e até perigosos de uma possível produção de álcool em gel com produtos caseiros. “Não é tão simples; requer cuidados”, alerta. Segundo o diretor, para a fabricação do álcool em gel, são necessários três produtos: carbomer 980, Trietanolamina 50 % e o álcool 96 5, ou 99,5 %.

Os dois primeiros ingredientes dão ao produto a consistência gelatinosa. Um dos fatores principais sobre a necessidade do álcool em gel ser produzido por especialistas é a regulação do seu ph que deve ser adequado para não causar danos à pele. Outro fator importante é a higienização do local e os cuidados com o produto extremamente inflamável.

Input your search keywords and press Enter.